GENERAL MOTORS

/ entrevista: Leszek Grudniewski

"O Grupo ITURRI tem mais de 10 anos, sempre nos oferece o melhor"

Coordenador de Segurança da Área de Pintura

Há quanto tempo a GM opera na Polônia?

Originalmente a GM é uma empresa americana com mais de 100 anos de idade, em meados da década de 1990 se estabeleceu na Polônia, um mercado que prometia crescimento no sector automotivo. E a Direção não se equivocou. Primeiro, montamos os escritórios em Varsóvia e, em seguida, a fábrica em Gliwice. Além disso, contamos também com uma Central de Compras na Romênia, uma Central Coordenadora de Segurança na Áustria, a Central de Direção Europeia na Alemanha e outras diversas espalhadas pelo continente.

Qual a capacidade de produção da fábrica de Gliwice?

Gliwice possui mais de 3.000 trabalhadores (GM tem 209.000 por todo o grupo) e espera ter uma produção de 180.000 veículos durante este ano. Se sente muito pouco o impacto da recessão mundial e podemos continuar com planos de crescimento. O bom funcionamento da empresa, juntamente com a de muitas outras fora do setor são mostrados em dados estatísticos do Estado, como o crescimento anual de 3,8 % do PIB (2010).

Você é o Coordenador de Segurança da Área de Pintura, quais são os seus principais objetivos?

Nossos objetivos estão muito claros na área:

  • Aumentar a segurança
  • Aumentar a qualidade dos produtos
  • Aumentar a produção ao número máximo de veículos
  • Desenvolver a capacidade de organização para ser mais eficientes

Podíamos falar um pouco mais sobre o primeiro ponto, a Segurança?

Na GM, desenvolvemos nosso próprio Plano de Segurança com exigências superiores à lei polonesa. Empregamos todos os meios para reduzir o número de acidentes de trabalho. Objetivo: zero acidente de trabalho. Em 2009, tivemos 6 casos e em 2010 somente 1. Destes, 90% ocorreu em razão de falha humana. Isto implica em planos de treinamento para os funcionários, visando à conscientização do uso, ou melhor, do bom uso dos EPI durante o expediente. Este trabalho é desenvolvido pela equipe polonesa do grupo ITURRI na Polônia. Confiamos em seus conhecimentos em matéria de segurança, especialmente na utilização do produto adequado para evitar o risco.

Quais são estes riscos?

O processo de fabricação de um veículo passa principalmente por quatro fases: prensa, carroceria, pintura e montagem. Também implica um rigoroso controle de qualidade e uma minuciosa logística para dar suporte a toda esta estrutura. Os riscos de acidente são diferentes, de acordo com a fase. Quanto mais "bruto" está o produto, mais risco envolvido. Assim, o risco de corte com chapa supõe proteger as mãos do operário, enquanto que na fase da pintura se tenta proteger o produto contra o arranhão, por exemplo.

Qual o produto de proteção más consumido na fábrica?

As luvas foram o “produto estrela” no setor automotivo durante anos. Poder-se-ia dizer que, neste campo, a equipe do Grupo ITURRI-Polônia é especialista. Há mais de 10 anos, sempre nos oferecendo o melhor, o mais moderno, o mais inovador. Agora trabalhamos também com a linha de calçados de segurança no trabalho e esperamos obter o mesmo nível de produto, de serviço e, em última análise, de satisfação.